Tocantins, 19 de setembro de 2018 - Mira Jornal - 00:00

Estado

Mudaram as regras para os cursos de reciclagem para condutores com até 19 pontos na CNH

06/03/2018 14h49

Crédito foto: Felix Carneiro/ Governo do Tocantins
Dados do Departamento Estadual de Trânsito do Tocantins (Detran-TO) revelam que só no ano passado foram suspensos do direito de dirigir, ou tiveram as habilitações cassadas no Tocantins, um total de 1.111 condutores.

Além de ficar um tempo sem poder conduzir veículos, quem tem a carteira de habilitação suspensa precisa realizar um curso de reciclagem com duração de 30 horas e prova teórica de reciclagem. A novidade é a mudança nas regras para as aulas.

Agora poderá fazer o requerimento o condutor que, mesmo já tendo atingido a soma exata de 14 pontos, no período de 12 meses, for autuado por infrações que não ultrapassem 19 pontos, sendo eliminada a pontuação, observado que concluído com êxito o curso preventivo de reciclagem, a pontuação das infrações relacionadas será eliminada para todos os efeitos legais. Antes, era obrigatório cumprir o período de suspensão estabelecido por portaria do Detran.

Estas alterações estão previstas na resolução 723 que referenda a Deliberação do Conselho Nacional de Trânsito (CONTRAN) nº 163, e que trata também da uniformização do procedimento administrativo para imposição das penalidades de suspensão do direito de dirigir e de cassação do documento de habilitação, previstas nos artigos 261 e 263, incisos I e II, do Código de Trânsito Brasileiro (CTB).

O coronel João Bento Santos Barbosa, diretor Jurídico do Detran, destaca que as penalidades de que trata esta deliberação serão aplicadas pela autoridade de trânsito do órgão de registro do documento de habilitação, em processo administrativo. "Lembramos que são assegurados ao condutor a ampla defesa, o contraditório e o devido processo legal. Pedimos para que as pessoas tenham sempre os seus cadastros atualizado no Detran, para realizarmos com sucesso as notificações e não ter alegação de desconhecimento", disse.

Suspensão do direito de dirigir

O documento prevê que a penalidade de suspensão do direito de dirigir será imposta sempre que o infrator atingir a contagem de 20 pontos, no período de 12 meses e por transgressão às normas estabelecidas no CTB, cujas infrações prevêem, de forma específica, a penalidade de suspensão do direito de dirigir.

Cassação de CNH e permissão para dirigir

A cassação do documento de habilitação será imposta nos seguintes casos: quando, suspenso o direito de dirigir, o infrator conduzir qualquer veículo; no caso de reincidência, no prazo de doze meses, das infrações previstas no inciso III do Art. 162 e nos arts. 163, 164, 165, 173, 174 e 175, todos do CTB; quando condenado judicialmente por delito de trânsito, observado o disposto no art. 160.

É cassada a Permissão para Dirigir, que consiste na emissão de um documento com validade de um ano, o condutor que cometer infrações graves, gravíssimas ou duas médias.
(Da Ascom DetranTO)




   

Comentários (0)

  • Nenhum comentário publicado. Clique aqui para comentar.

Mais vídeosVideo Mira

A DESPEDIDA (O ADEUS AO ETERNO PREFEITO MOISÉS DA SERCON)


Inusitada Produções

Cobertura audiovisual do velório e enterro do querido e eterno prefeito de Miracema do Tocantins, Moisés Costa da Silva (Moisés da Sercon), encontrado morto no dia 30 de agosto de 2018.

FOTOGRAFIA e EDIÇÃO
Cássio Renato Cerqueira

ASSISTÊNCIA DE PRODUÇÃO
Kyara Machado Batista  

Comente

  • Dona Zilma
    08/09/18 18h40
    poise ze carlo moisés em pouco tempo fez muto por miracema, a policia p´recisa logo descobrir quem fez isso, o senhor...
  • Joel da Silva
    12/08/18 10h02
    Parabéns prefeito moisés, por não dar a desculpa q não faz nada porque tava arrumando a casa. Foi lá e fez
  • Maria Aparecida da Silva Pereira
    12/08/18 09h59
    Estamos de olho na reforma que estende até sua casa. Tem muito politico de Miracema inelegível. FICA A DICA
VER TODOS OS COMENTÁRIOS

Jornal Impresso

Em Breve
2010 c Mira Jornal. Todos os direitos reservados.