Tocantins, 19 de janeiro de 2019 - Mira Jornal - 00:00

Policia

Tocantins registra três atentados contra prefeitos em menos de um ano

10/01/2019 08h27

Foto: Montagem/G1 Três prefeitos foram alvos de atentados no Tocantins
Em Tocantínia e em Novo Acordo os políticos sobreviveram após levar tiros. Em Miracema, Moisés da Sercon foi encontrado morto e crime permanece um mistério.

O atentado contra o prefeito de Novo Acordo nesta quarta-feira (9) lembrou outros crimes semelhantes e recentes contra políticos do estado. Nos últimos 12 meses, três prefeitos foram alvo de tiros e um deles acabou morrendo.


Tocantínia
O primeiro caso foi em Tocantínia, no dia 4 de fevereiro de 2018. O prefeito Manoel Silvino Gomes Neto (SD) foi baleado durante a própria festa de aniversário quando três homens invadiram a casa dele e fizeram a família refém. Na época, o motorista João Mascarenhas Barros também ficou ferido. Dois suspeitos estão presos e foram indiciados, o terceiro ainda não foi localizado.

 Foto: Divulgação


Prefeito de Tocantínia foi baleado na festa de aniversário 

Miracema
O caso seguinte foi no dia 30 de agosto. O então prefeito de Miracema do Tocantins, Moisés Costa da Silva (MDB), conhecido como Moisés da Sercon, foi assassinado com um tiro na cabeça dentro do próprio carro.

 Foto: Divulgação


O Corpo de Bombeiros conduziu o feretro da Catedral ao Cemitério

Na época do crime a polícia descartou a hipótese de suicídios, mas até hoje nenhum suspeito foi apontado e crime segue um mistério. A família esteve na Secretaria de Segurança Pública em Palmas nesta quarta-feira (9) cobrando agilidade.


Novo Acordo
O caso mais recente é o de Novo Acordo. Elson Lino de Aguiar (MDB), de 59 anos, estava sozinho em casa quando foi baleado na cabeça. O imóvel não é murado e a porta da sala estava destrancada. O atirador entrou e abriu fogo contra o prefeito dentro do quarto dele.

 Foto: Divulgação


Corpo do prefeito foi encontrado dentro da caminhonete 

O gestor conseguiu chegar até a parte de fora, onde pediu socorro. Além do ferimento na cabeça, ele foi atingido por outros dois disparos. O suspeito fugiu em uma motocicleta. Buscas estão em andamento na região.

A Associação Tocantinense de Municípios disse que "recebeu com indignação e lamento a notícia de atentado". Em nota, a ATM disse que "Episódios como esses geram insegurança na população, instabilidade social nas comunidades e prejudicam a continuidade do desenvolvimento local". Ela cobrou uma investigação rigorosa do caso.

A Secretaria de Segurança Pública ainda não comentou o caso de Novo Acordo. O G1 também questionou a secretaria sobre a morte do prefeito de Miracema, mas não recebeu resposta.
(Do G1TO/Por João Guilherme Lobasz)

   

Comentários (0)

  • Nenhum comentário publicado. Clique aqui para comentar.

Mais vídeosVideo Mira

Retrospectiva das músicas 2018

Músicas INTRO INICIO: Imagine Dragons - Whatever It Takes

Comente

  • José Oliveira Martins
    12/01/19 07h56
    Estava eu, neste mesmo instante, lendo, pela internet, reportagens diversas nos jornais nacionais. Quanta violência e...
  • José Oliveira Martins
    03/01/19 10h28
    A postagem colocada sob o pseudônimo "pessoa do bem" está correta. Só faltou citar os vereadores que se...
  • Pessoa do bem
    01/01/19 17h42
    Eu gostaria de saber onde podemos pedir ajuda para trazer segurança pra miracema, estamos sendo roubados todos os...
VER TODOS OS COMENTÁRIOS

Jornal Impresso

Em Breve
2010 c Mira Jornal. Todos os direitos reservados.