Tocantins, 07 de julho de 2020 - Mira Jornal - 00:00

Estado

Tocantins perde um artista que congelava imagens

21/06/2020 10h42

Foto: Arquivo Pessoal Elson Caldas era fotojornalista e registrou momentos importantes da história do Tocantins
Ele lutava contra um câncer no intestino. Caldas foi um dos primeiros fotojornalistas a atuar no estado e registro momentos importantes da história do Tocantins.

O jornalista Elson Pereira Caldas, pioneiro da comunicação no Tocantins, morreu aos 61 anos na noite deste sábado (20). Ele lutava contra um câncer no intestino e não resistiu a complicações da doença. Especializado em fotojornalismo, Caldas foi responsável por registrar alguns dos momentos mais importantes da história do Tocantins.

A notícia ganhou imediata repercussão. O governador do estado, Mauro Carlesse (DEM), emitiu uma nota de pesar pelo falecimento do jornalista, assim como o Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Estado do Tocantins. Elson Caldas trabalhava na Secretaria de Comunicação como servidor efetivo desde 1994, mas já fazia registros do cotidiano do governo desde antes disso.

Ele chegou ao estado em 1989 e na época foi morar em Miracema do Tocantins. Todos os dias se deslocava até o canteiro de obras de Palmas para acompanhar o governador da época. Ele se aposentou em 2017, em decorrência da doença.

Caldas era conhecido entre os amigos pelo apelido de 'Cachorrão', por ter uma personalidade forte e ser incisivo nas suas declarações. Ao longo da vida, sofreu com a perda da mulher e do primeiro filho. Ele deixa uma filha e dezenas de amigos. Ainda não foram divulgadas as informações sobre o velório e o enterro do jornalista.


Nota de Pesar - Elson Caldas

Com muito pesar recebi, na noite deste sábado, 20, a triste notícia do falecimento do jornalista e repórter fotográfico Elson Pereira Caldas, servidor da Secretaria de Estado da Comunicação do Tocantins.

Pioneiro na Comunicação do Estado do Tocantins, Elson Caldas viu o nascer do Estado e muito trabalhou por seu crescimento. Deixa, entre os que o conheceram e trabalharam ao seu lado, pioneiros e atuais, a imagem do servidor honrado que tudo fez para que a história do Tocantins fosse eternizada.

Nesse momento de saudades e pesar, rogo a Deus, que por meio de seu Santo Espírito, console os corações de seus familiares, amigos e servidores que com ele conviveram.

Mauro Carlesse
Governador do Estado do Tocantins
____________________________________________

A Secretaria de Estado da Comunicação do Tocantins, em nome de todos os seus servidores, atuais e pioneiros, lamenta, com muito pesar, o falecimento do servidor, o jornalista e repórter fotográfico Elson Pereira Caldas, na noite deste sábado, 20.

Elson Caldas é um pioneiro na Comunicação do Estado do Tocantins, sendo servidor efetivo da Secom desde 1994. Sempre muito sorridente, Elson Caldas sempre foi muito querido por todos os colegas que com ele conviveram, dos pioneiros aos mais recentes. Fica, além da saudade, o legado de um servidor que sempre lutou pela categoria e pelo crescimento do Estado, registrando e ajudando a construir a história do Tocantins.

Que nosso eterno e bondoso Deus console os corações de seus familiares, amigos e dos colegas que tiveram o privilégio de trabalhar e conhecer Elson Caldas.

Élcio Mendes
Secretário de Estado da Comunicação do Tocantins
_______________________________________

Recebemos com muita tristeza a notícia da morte do fotojornalista Elson Caldas, ocorrida neste sábado. 

Tivemos a oportunidade de conhecer o trabalho desse excelente profissional em todos os nossos governos, do qual, por meio de sua sensibilidade e feeling jornalístico capturou imagens espetaculares que fazem parte do acervo fotográfico do Tocantins. 

Elson deixa uma folha de serviços prestados ao Estado, especialmente Palmas, quando chegou à Capital no início de sua criação. As suas lentes registraram com precisão e maestria o desenvolvimento da nossa Capital. 

A memória de Elson Caldas, assim como das suas fotos, já está marcada na história do Tocantins, da qual devemos preservá-la com respeito e merecimento.

Estendemos as nossas profundas condolências aos familiares e aos profissionais de imprensa do Estado. Deus o receba, grande fotógrafo!

Deputada Federal Dulce Miranda e ex-governador Marcelo Miranda
________________________________________

É com pesar que lamentamos profundamente o falecimento de um dos nomes mais importantes da fotografia Tocantinense, o repórter fotógrafo Elson Caldas, ocorrida na noite deste sábado, dia 20, em sua residência, em Palmas, em decorrência de um câncer no intestino.

Natural de Goiânia (GO) e pioneiro em Palmas, Elson era querido por todos, pelo seu jeito irreverente e engraçado de ser. Ele foi um dos primeiros fotógrafos a integrar o quadro de servidores do governo do Tocantins, onde trabalhou na Secom, no Palácio Araguaia, durante anos, registrando os principais fatos da política tocantinense.

Elson participou ativamente da construção da história de nosso Estado e Capital, registrando momentos importantes desde o início da formação de Palmas, em diferentes fases de sua construção.

Elson viu Palmas nascer e crescer. Ele não só registrou esse desenvolvimento da Capital, como também, deu oportunidade para que diversas pessoas pudessem passear no tempo, através de suas memórias fotográficas, momentos marcantes da história de Palmas.

Minha solidariedade aos familiares e amigos. Que Deus conforte o coração de todos, por esta triste perda.

Valdemar Júnior
Deputado Estadual 




   

Comentários (0)

  • Nenhum comentário publicado. Clique aqui para comentar.

Mais vídeosVideo Mira

CASO QUEIROZ: O QUE SE SABE ATÉ AGORA E ATÉ ONDE AS INVESTIGAÇÕES PODEM CHEGAR

Com a prisão de Fabrício Queiroz, dia18, no sítio de Frederick Wassef em Atibaia, as investigações envolvendo o ex-assessor do senador Flávio Bolsonaro entram em uma nova etapa. Os repórteres Flávio Costa e Herculano Barreto Filho contam o que se sabe até agora sobre o caso e quais rumos essa investigação pode tomar.

Comente

  • Jorge Brás
    12/06/20 01h15
    quantos desmandos se vê por ai e ninguém faz nada. Festinha em fazendas, churrasco em chácara e tá tudo bem.
  • José Professor
    10/06/20 10h02
    Posso até estar errado na minha maneira de pensar ao constatar que grande parcela da população é imune a ÉTICA e...
  • Hevandro Carvalho
    08/06/20 12h04
    Gostaria que o site pudesse fazer uma reportagem sobre a história dos vice-prefeitos de Miracema.é possivel caro editor?
VER TODOS OS COMENTÁRIOS

Jornal Impresso

Em Breve
2010 c Mira Jornal. Todos os direitos reservados.