Tocantins, 19 de março de 2019 - Mira Jornal - 00:00

Religião

Diocese de Miracema transfere restos mortais do bispo Dom João José e do Padre Cícero para o jardim da Catedral

13/03/2019 20h43

Em processo de reforma e ampliação a Catedral Santa Terezinha do Menino Jesus, em Miracema do Tocantins, optou por mudar de local os sepulcros do bispo Dom João José Burke e do Padre Cícero.

A cerimônia de exumação aconteceu ainda nesta terça-feira (12), quando os restos mortais foram colocados em novas urnas, devidamente coordenada pela funerária local, sendo velados em seguida até a manhã desta quarta-feira, 13, por toda equipe da Diocese miracemense, que inclui padres, seminaristas, diáconos e convidados, além do bispo Dom Philip Diekmans.

Foto: JCA/MIRA


Antes do sepultamento, agora no jardim frontal da igreja, foi celebrada missa com reverencia à memória dos líderes religiosos, comandada pelo arcebispo de Palmas Dom Pedro Brito Guimarães, em companhia de Dom Philip, Dom Hamilton (bispo auxiliar de Curitiba/PR) e os padres Franke (Miracema), Cleonizaldo (Goiatins), Milton (Guaraí) e José Orlando.
Dom Philip fez um preâmbulo a celebração, justificando a necessidade e importância da exumação e posterior sepultamento, ressaltou a história religiosa e as marcas deixadas pelos reverenciados.

Já durante a celebração da missa o bispo metropolitano Dom Pedro destacou o ‘ressuscitamento’ através da historia de Jonas. “Segundo o relato bíblico, durante a viagem acontece uma violenta tempestade. Esta só acaba quando Jonas é lançado ao mar. Ele é engolido por um ‘grande peixe’ e no seu estômago, passa três dias e três noites. Sentindo como se estivesse sepultado, nesta situação arrependido reconsidera a sua decisão. Tendo se arrependido, é vomitado pelo ‘grande peixe’ numa praia".

Em testemunho pela vida religiosa dos reverenciados, o Pe. Cleonizaldo, colega paroquiano de Pe. Cícero por muitos anos destacou a fé e a caridade do padre que faleceu já aposentado dos seus cargos pastorais. em 21 de dezembro de 2008. Sobre Dom João José, o Pe. Milton disse que testemunhou a chegada e a partida do 2º bispo de Miracema. Falou do carinho que o povo de Guaraí tem por ele, local onde residia. Lembrou que o bispo chegou dos Estados Unidos em 1064 e assumiu a Diocese de Miracema em 1996. Faleceu em março de 2006, em Palmas.

Foto: JCA/MIRA


SEPULTAMENTO

Após a celebração da missa, aconteceu um ritual católico de glorificação das urnas fúnebres que seguiu a partir do altar até o jardim solene onde as urnas baixaram sepultura sob orações e contemplações.

Na oportunidade, Dom Philip informou que ao lado das sepulturas, também será depositada uma ‘pedra memorial’ em reverencia ao 1º bispo da diocese, Dom Jaime Collins, nascido na Irlanda e falecido em 2002 em Palmas.
 
Foto: JCA/MIRA


HISTÓRICOS

Padre Cícero
Padre Cícero José de Sousa Padre nasceu dia 16 de dezembro de 1922, em Filadélfia/TO. Depois de seus estudos seminarísticos em Belo Horizonte/MG, entre os anos de 1941 a 1951, Dom Alano M. Du Noday o ordenou presbítero no dia 22 de setembro de 1951 em Porto Nacional.



Ele exerceu o ministério pastoral em Pedro Afonso, Miracema, na época, do Norte, Miranorte, Guaraí e retornou a Miracema. Fundou o Colégio Tocantins, foi professor de Matemática, Latim, Música e Pedagogia nas cidades por onde passou.

Com a criação da Prelazia de Miracema, em 11 de outubro de 1966, Padre Cícero passou a ser membro oficial da Igreja Particular de Miracema, junto com os Padres Pedro Pereira Piagem e Rui Cavalcante Barbosa. No ano seguinte, Dom Jaime Collins foi nomeado Prelado de Miracema, em 15 de agosto de 1967. A Prelazia tornou-se Diocese em 1981.

Quando Padre Cícero celebrou seu júbilo após 50 anos de padre, aposentando dos cargos pastorais. continuou auxiliando o vigário nas capelas Santo Antônio e São José e na Paróquia Nossa Senhora da Conceição, em Miracema.

Ele escreveu um livro sobre Dom Alano M. Du Noday, Bispo de Porto Nacional, e em 2004 lançou o livro “Miracema do Tocantins: Sombras e Luzes”.

Padre Cícero faleceu no dia 21 de dezembro de 2008, em Miracema do Tocantins, e durante sua despedida era notável o carinho do povo, do bispo, dos padres e seminaristas que o cercavam.

Foto: JCA/MIRA


Dom João José Burke - 2º Bispo de Miracema
Nasceu em 16 de março de 1935, em New Jersey, Estados Unidos da América. Ingressou na Ordem Franciscana em setembro de 1952. Fez os Votos Perpétuos em 20/08/58. Foi ordenado Sacerdote em 25/02/61.

Arquivo MIRA

Dom João José Burke

Chegou ao Brasil em 23 de outubro de 1964. A sua Ordenação Episcopal como Bispo Coadjutor aconteceu em 30/04/95. Foi nomeado Bispo Diocesano de Miracema em 25 de fevereiro de 1996.

O Lema Episcopal: Euntes Praedicate (Ide, pregai), é uma síntese de sua vida, serviço e missão. 50 anos de Vida Franciscana, 45 anos de Sacerdócio, 42 anos de dedicados à missão no Brasil e 11 anos de Episcopado.

Motivou as pastorais diocesanas; criou a Pastoral Presbiteral; teve presença assídua nos Encontros Diocesanos; criou o Boletim Informativo, como instrumento de comunhão entre as Paróquias; fundou a escola de Formação Missionária na Diocese, apoiou as Comunidades de Base com projetos de: roda d’água, maquinas de beneficiar arroz e um caminhão. Também na produção de remédios e treinamentos de saúde para as comunidades indígenas.

Dom João José se dedicou ao Senhor, à Igreja e a sua Ordem com generosa disposição, respondendo de forma exemplar a sua vocação franciscana e missionária. Foi Vigário Paroquial em Porangatu e Quirinópolis, Formador no Seminário Regina Minorum e Sant’Ana, Mestre de Noviços por oito anos em Catalão e no Custodio por dois triênios de 1978 a 1984.

Na Diocese de Miracema do Tocantins levou a termo sua vocação missionária com empenho apostólico e evangelizador, se destacando pelo zelo a Igreja, pela forma paternal e amiga com que se relacionava com o Clero e as Religiosas.

Dom João José nos deixou um exemplo de fidelidade, de humildade e simplicidade, de dedicação ao Reino de Deus. Faleceu em 14 de março de 2006, em Palmas.

Foto: JCA/MIRA


Dom Jaime Collins  - 1º Bispo de Miracema
Nasceu em 26/02/1921 na Irlanda na Diocese de Kerry, filho de Michael Collins e Catherine Collins. Teve sete irmãos, dentre eles um sacerdote missionário e uma irmã religiosa.

Fez o primário na escola Nacional de Moyvane, e depois entrou no Seminário Menor dos Padres Redentoristas na cidade de Limerick , aos 12 anos. Terminou também nesta cidade, o curso secundário. Entrou no Noviciado na cidade de Dudalk. Fez os Votos de Perpétuos no dia 08/09/39. Foi ordenado Padre no dia 03/09/44 por D. Miguel, Bispo de Galvay, aos 23 anos.

Por um ano e meio trabalhou como funcionário da revista redentorista Irlandesa “Redemptorist Record”. Em 1947 foi enviado para as Ilhas Filipinas na Ásia, ficando até 1960. Neste período desempenhou por 3 anos o papel de Superior do Convento dos Padres Redentoristas em Jacloban, construindo lá uma Igreja.
No ano de 1960 foi chamado para a Irlanda com a finalidade de ser o líder de uma turma de missionários que iriam para o Brasil.

No Brasil foi residir em Pedro Afonso e tomou posse como 5º Vigário desta cidade em 22/08/60. Como Vigário desenvolveu trabalhos missionários visitando as outras cidades pertencentes a Paróquia. Construiu Capelas. Na educação, aumentou o número de professores e de alunos na Escola Paroquial, obteve para os Padres Redentoristas o cuidado pelo Ginásio Cristo Rei. Viabilizou a distribuição de alimentos aos mais necessitados. Recebeu municípios de Tupirama e Tupiratins.

Em 1967 foi ordenado Bispo da Prelazia de Miracema do Norte. Assumiu a vocação e formação de novos sacerdotes, conseguindo ordenar oito religiosos. Abriu espaço para participação e formação dos leigos na Igreja. Fundou novas Paróquias, construiu Escolas para os mais carentes, abriu a escola Agrícola em Pedro Afonso, construiu e equipou a Maternidade Dona Domingas, construiu o Centro de Treinamento de Líderes (CTL) onde funcionava o Seminário Menor Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, fundado em 20/02/1981.

Arquivo MIRA

                    Dom Jaime Collins

Era um Pastor dedicado e sempre preocupado com o povo, tendo como zelo a Catedral de Santa Terezinha do Menino Jesus, em Miracema, uma herança de fé, ação e trabalho de evangelização.
Dom Jaime Collins faleceu em 4 de outubro de 2002, em Palmas. 

 

   

Comentários (0)

  • Nenhum comentário publicado. Clique aqui para comentar.

Mais vídeosVideo Mira

ISSO É AMOR - Carlos Heleno || Official Lyric Video


Carlos Heleno

Gravado na frequência de 432hz
• Veja também o Lyric NUVEM DE GLÓRIA: https://youtu.be/Uy1E9tIXXdI
• Inscreva-se no canal: http://bit.ly/2FWyMIe 

Comente

  • José Oliveira Martins
    15/03/19 16h25
    "Concessão de porte de arma sobe 381% em 5 anos e bate recorde após estatuto. O número de portes de arma...
  • José Oliveira Martins
    15/03/19 08h15
    Atos em diversas cidades do País cobraram respostas sobre mandante (s) do assassinato de Marielle. Aqui também quanto...
  • José Oliveira Martins
    13/03/19 08h27
    Se está cortando é por não precisar:" Governo corta 21 mil cargos e gratificações Decreto extingue 17,5 mil...
VER TODOS OS COMENTÁRIOS

Jornal Impresso

Em Breve
2010 c Mira Jornal. Todos os direitos reservados.