Tocantins, 21 de maio de 2019 - Mira Jornal - 00:00

Estado

Emoção no encerramento das atividades do Ponto Cultura Arte-Fato Centro de Criatividade

04/12/2018 16h29

Fotos: Íris Silva e Selma Nascimento
"Considero minha segunda casa, é como se fosse minha família sabe? Têm ainda os meus colegas e os professores, onde aprendemos muito. Hoje estamos mostrando de forma emocionante, nessas lindas apresentações, o resultado do que aprendemos nos cursos este ano. Eu amo o Arte-Fato, e vou continuar até quando eu puder".

Foram com essas palavras e de forma emocionada que Anna Theresa Nunes Moreira Lobo,11 anos, aluna do projeto Ponto de Cultura Arte-Fato Centro de Criatividade descreveu a participação dela nos cursos ofertados e de poder apresentar para a comunidade, na VII Mostra de Artes Integradas – Culturas do Brasil, o resultado das atividades apreendidas em 2018.

O encerramento, ocorrido nos dias 1 e 2 de dezembro, transformou o pátio da Escola João Paulo II, em um verdadeiro espaço lendário e mitológico, cheio de personagens das culturas do País.

No local, textos e desenhos literários, personagens do folclore brasileiro, danças como: frevo, hip-hop, balé, dança de salão, dentre outros ritmos. Canções de músicos consagrados no cenário musical, as quais trouxeram o passado para o presente e tocaram no fundo do coração de cada participante.

Foi assim, um verdadeiro passeio cultural de Norte a Sul, de Leste a Oeste do Brasil, repleto de alegria e emoção, que alunos e professores levaram estórias ao público presente, o qual a cada instante não escondia a empolgação de assistir às variadas manifestações culturais realizadas pelos filhos, sobrinhos, netos, amigos ou mesmo desconhecidos, onde o que contou mesmo foi prestigiar o quão rica é a cultura do nosso País.

Essa riqueza foi importante não só para que realizou as apresentações, mas também para quem prestigiou e ficou atenta a cada fala, gesto, brincadeira, música, coreografia, exposição de desenho e outros detalhes mostrados no encerramento das atividades 2018 do Ponto de cultura Arte-Fato de Criatividade.

O projeto

Durante o ano de 2018, cerca de 600 pessoas foram atendidas diretamente, as quais desenvolveram as atividades de Arte-Educação como: os cursos de violão, bateria, teclado, percussão, hip-hop, teatro, balé, dança de salão, aulas de ritmos, desenho e pintura, dentre outras atividades.

O reflexo desse atendimento foi percebido pela comunidade, que destaca o envolvimento das crianças nas atividades. Isso foi possível devido ao poio do Criança Esperança e Fundação Cultural de Palmas.

Para Márcia Carvalho, moradora na região Norte de Palmas, onde o projeto está inserido, faz uma grande diferença no local, o que possibilita não só a filha ou sobrinhos participarem e aprenderem algo, mas oportuniza a comunidade de uma forma geral a ter uma vida cultural diferenciada. "Em vez de está em casa mexendo com celular ou assistindo televisão, estão no projeto aprendendo algum tipo de arte". Destaca Márcia.

Ela ressaltou ainda, que o encerramento foi "muito bonito e que todas as apresentações foram emocionantes", em especial porque viu a filha e sobrinhos apresentando.

No encerramento teve ainda oração em Libras, comidas típicas, agradecimentos aos apoiadores, parceiros e amigos do projeto, além de sorteios de brindes.
(Da Ascom AASJN/Íris Silva)

   

Comentários (0)

  • Nenhum comentário publicado. Clique aqui para comentar.

Enquete

NA SUA OPINIÃO, QUAL VEREADOR DE MIRACEMA, COMO 'AGENTE FISCALIZADOR E LEGISLADOR', MELHOR CONTRIBUI PARA O DESENVOLVIMENTO DO MUNICÍPIO ?

Mais vídeosVideo Mira

PALMAS, 30 ANOS ! - Palmas história dos primeiros 4 anos

DOCUMENTÁRIO - PALMAS  -  Os primeiros 4 anos: 1990/1994 - Por Sidinei Madalena

Comente

  • Andreia Nunes
    18/05/19 09h50
    O *Hospital de referência de Miracema do Tocantins* têm recepcionado as mudanças do mesmo de forma, vultosa e...
  • Ana Alice
    15/05/19 19h27
    Projetos renováveis estão sempre buscando atender a nossa comunidade Miracemense , contribuindo bastante para que...
  • Pedro Neto
    15/05/19 09h40
    A falta de representatividade é a chave para entender o descontentamento com a política.Transformar um cenário local,...
VER TODOS OS COMENTÁRIOS

Jornal Impresso

Em Breve
2010 c Mira Jornal. Todos os direitos reservados.