Tocantins, 16 de setembro de 2019 - Mira Jornal - 00:00

Estado

“Conhecendo as funções do TCE, os universitários podem nos auxiliar na fiscalização dos recursos”

07/09/2019 07h10

Fotos: Edivan Cavalcanti Acadêmicos da UFT acompanharam palestra sobre o Tribunal de Contas no auditório Cuíca
Frase do presidente do TCE/TO, Severiano Costandrade, durante a palestra na UTF

Acadêmicos dos cursos de Ciências Contábeis, Direito e Administração da Universidade Federal do Tocantins (UFT) lotaram o auditório Cuíca, em Palmas, na noite desta quinta-feira, 5, para assistir a palestra “Tribunal de Contas: Função e Competência”, proferida pelo presidente da Corte, conselheiro Severiano Costandrade, com participação da diretora geral de Controle Interno, Dagmar Gemelli.

A palestra leva informações aos acadêmicos sobre como funciona o Tribunal de Contas, suas atribuições e como as administrações públicas são fiscalizadas pelo órgão, permitindo a participação da sociedade através dos canais de comunicação com o Tribunal.

“Não trabalhamos apenas para punir gestores que cometem alguma irregularidade. Nós estamos trabalhando para auxiliá-los na administração do bem público, prevenindo possíveis erros, por isso, temos projetos de capacitação que levamos aos 139 munícipios, para prefeitos e vereadores”, explicou o presidente da Corte.

A palestra faz parte do projeto “Conhecendo o TCE/TO”, que tem como objetivo aproximar o Tribunal da comunidade acadêmica e prepará-los para atuarem como multiplicadores no monitoramento e fiscalização dos gastos públicos nas administrações estadual e municipal.

A palestra foi transmitida ao vivo no Instagram, dando a oportunidade a quem não pôde ir, de acompanhar a primeira live feita pela página do TCE/TO na mídia social.

“É muito importante esse contato com os acadêmicos porque é também uma oportunidade de ouvi-los para saber em que podemos melhorar. Eles conhecendo as nossas funções, podem nos auxiliar na fiscalização da aplicação dos recursos públicos”, explica o presidente. Ele ainda destacou as ações que buscam a modernização da instituição e aproximação com a população.



Evento

Na UFT, o evento foi organizado pelos acadêmicos do curso de Ciências Contábeis, sob a coordenação da professora Sônia Lima. “Esse projeto tem como objetivo mostrar a importância para os acadêmicos, como cidadãos, monitorar e participar sempre, além de exigir a transparência na gestão pública”, avalia Sônia.

O estudante de Ciências Contábeis, Fabrício Oliveira da Silva, avaliou positivamente a palestra na UFT. “Ouvir o presidente do Tribunal de Contas ajudou bastante, até nós a solução de dúvidas e na oportunidade de conhecer melhor o funcionamento do órgão”, ressaltou.

A palestra ocorreu em dois momentos: o primeiro com a exposição das funções, ações e projetos do TCE/TO e o segundo com a abertura para perguntas dos acadêmicos. Ao final, os acadêmicos fizeram o sorteio de três livros aos presentes.

Para a presidente do Centro Acadêmico do curso de Direito, Isadora Vieira Guimarães, a palestra foi enriquecedora. “Foi altamente proveitosa para nós, porque foi uma atividade interdisciplinar. O presidente nos deu os instrumentos para que possamos agir na fiscalização junto ao Tribunal de Contas”, avaliou a acadêmica.

Junto à palestra, os alunos da UFT promoveram a arrecadação de brinquedos para serem doados a instituições carentes. A participação foi maciça.
(Da Ascom TCE)
  

   

Comentários (0)

  • Nenhum comentário publicado. Clique aqui para comentar.

Mais vídeosVideo Mira

QUEM MATOU MOISÉS? (Um Ano Depois)


No dia 30 de agosto de 2018, o então prefeito de Miracema do Tocantins, Moisés da Sercon, foi encontrado morto dentro de seu carro com um tiro na cabeça.

Inusitada Produções

Comente

  • José Professo
    12/09/19 09h34
    Incrível como os ditados antigos fazem eco até nos dias atuais. "Os iguais se protegem a todo custo doa onde...
  • Aílton Ferreira Araújo
    10/09/19 08h35
    Um ano sem um grande amigo Moisés, hoje tem a mesma pergunta Quem matou o Moisés? esta difícil de achar o culpado,...
  • Aílton Ferreira Araújo
    10/09/19 08h28
    Vai começar a caça aos pobre, não quero você, e sim o seu voto, e Miracema, tem muitos desses falsos políticos.
VER TODOS OS COMENTÁRIOS

Jornal Impresso

Em Breve
2010 c Mira Jornal. Todos os direitos reservados.