Tocantins, 23 de abril de 2019 - Mira Jornal - 00:00

Policia

Vereador diz que filhos estão em pânico após casa ser alvo de tiros: 'Temo pela minha família'

10/04/2019 14h47

Tiros teriam sido disparados pelo prefeito de São Bento do Tocantins. Crianças de três e sete anos estavam na casa com a avó e tia; ninguém se feriu.

O vereador Adelsim do Povo (PP) afirmou que a perícia realizada na casa dele encontrou vestígios de dez disparos de pistola. A casa do parlamentar foi alvo tiros na noite desta terça-feira (9) em São Bento do Tocantins, na região do Bico do Papagaio. Ele afirma que os filhos estão em pânico e agora teme pela segurança da família. O suspeito de ter atirado é o prefeito da cidade, Ronaldo Parente (PSDB).

O atentado aconteceu após uma confusão entre o parlamentar e o prefeito em grupos de WhatsApp. Adelsim do Povo afirma que não tem uma relação boa com Ronaldo Parente porque é um vereador de oposição e faz cobranças para administração municipal.

O vereador afirma que um dos disparos quase atingiu a sogra dele, que estava na cozinha lavando louças. "Quando cheguei ele já tinha saído [o prefeito]. Graças a Deus não atingiu ninguém. Minha sogra estava lavando umas vasilhas e um dos tiros atingiu a parede a cerca de 20 centímetros dela. Tem balas nas paredes, no batente da porta, na cerâmica".

Os filhos de Adelsim do Povo, uma menina de três anos e um menino de sete, também estava na casa no momento do atentado. "Meus filhos ficaram desesperados. O menino correu na chuva para o quintal. Estão em situação de choque, em pânico. Estou com medo. Temo muito pelos filhos pela minha família".

Os tiros entraram por uma janela e também atingiram um armário de cozinha e a geladeira da casa.

A Delegacia Regional de Araguatins, responsável por São Bento do Tocantins, informou que um inquérito policial foi aberto. De acordo com o delegado regional Eduardo Artiaga, o advogado do prefeito prestou esclarecimentos. Também foi realizada perícia técnica na casa do parlamentar e Ronaldo Parente está sendo aguardado na delegacia para prestar depoimento.
O G1 ainda tenta contato com o prefeito Ronaldo Parente (PSDB).

Tiros atingiram janela da casa do vereador — Foto: Gustavo Pinheiro/Divulgação Tiros atingiram janela da casa do vereador — Foto: Gustavo Pinheiro/Divulgação
Tiros atingiram janela da casa do vereador — Foto: Gustavo Pinheiro/Divulgação

Entenda
A casa do vereador Adelsim do Povo (PP) foi alvo de tiros na noite desta terça-feira (9) em São Bento do Tocantins, na região do Bico do Papagaio. De acordo com a Polícia Civil, os disparos foram feitos pelo prefeito da cidade Ronaldo Parente (PSDB). Os dois teriam uma desavença antiga e antes dos disparos trocaram ofensas em áudios pelo WhatsApp. Ninguém se feriu.

As balas entraram pelo vidro de uma janela. O parlamentar afirmou que a relação com o prefeito é ruim porque ele é vereador de oposição e tem feito cobranças para a administração.

"Faço cobranças, vídeos mostrando a situação da cidade. Fiz um falando das condições da feira, que está abandonada, e de uma obra de drenagem feita na principal da cidade, mas que está alagando outro setor. Minhas cobranças são sempre em relação à melhoria da cidade. Mas ele zangou”, afirmou ao G1.

Adelsim do Povo afirma que a confusão desta terça-feira ocorreu após um áudio no WhatsApp. "Mandaram em um grupo dizendo que ele é 'campeão de obras', mas eu falei que não tinha nada de campeão de obras, que ele é campeão de mentiras. Aí ele começou a mandar áudios me chamando de moleque e chamando para brigar. Eu também mandei áudios e ficou aquela coisa", afirmou.

O vereador contou que estava chegando de uma fazenda quando ouviu os tiros. De acordo com a polícia, testemunhas afirmaram ter visto o prefeito chegar em uma caminhonete momentos antes dos disparos.
Do G1TO)

   

Comentários (0)

  • Nenhum comentário publicado. Clique aqui para comentar.

Mais vídeosVideo Mira

Paixão de Cristo de Nova Jerusalém 2018

Íntegra do espetáculo da Paixão de Cristo de Nova Jerusalém 2018, ocorrido em cidade-teatro situada no interior do estado brasileiro de Pernambuco.

Na peça, Renato Góes interpretou Jesus Cristo. Os atores Tonico Pereira (Anás), Rita Guedes (Madalena), Kadu Moliterno (Pilatos), Nicole Bahls (Herodíades) e Victor Fasano (Herodes) também fizeram parte do elenco.

O especial da Rede Globo Nordeste foi apresentado pelo Padre Marcelo Rossi.

Comente

  • José Professor
    12/04/19 09h31
    Pelo andar da carruagem, quase parando, as ações e serviços da Prefeitura novamente vão eleger um "salvador da...
  • José Professor
    09/04/19 17h03
    Só agora o TCE vai tomar providências? Este fato é uma notícia alarmante: "TCE vai apurar, em tomada de contas,...
  • José Professor
    06/04/19 17h12
    Com "nome sujo" 98% dos municípios têm veto para receber recursos federais. O percentual de municípios...
VER TODOS OS COMENTÁRIOS

Jornal Impresso

Em Breve
2010 c Mira Jornal. Todos os direitos reservados.