Tocantins, 20 de julho de 2019 - Mira Jornal - 00:00

Policia

Vereador diz que filhos estão em pânico após casa ser alvo de tiros: 'Temo pela minha família'

10/04/2019 14h47

Tiros teriam sido disparados pelo prefeito de São Bento do Tocantins. Crianças de três e sete anos estavam na casa com a avó e tia; ninguém se feriu.

O vereador Adelsim do Povo (PP) afirmou que a perícia realizada na casa dele encontrou vestígios de dez disparos de pistola. A casa do parlamentar foi alvo tiros na noite desta terça-feira (9) em São Bento do Tocantins, na região do Bico do Papagaio. Ele afirma que os filhos estão em pânico e agora teme pela segurança da família. O suspeito de ter atirado é o prefeito da cidade, Ronaldo Parente (PSDB).

O atentado aconteceu após uma confusão entre o parlamentar e o prefeito em grupos de WhatsApp. Adelsim do Povo afirma que não tem uma relação boa com Ronaldo Parente porque é um vereador de oposição e faz cobranças para administração municipal.

O vereador afirma que um dos disparos quase atingiu a sogra dele, que estava na cozinha lavando louças. "Quando cheguei ele já tinha saído [o prefeito]. Graças a Deus não atingiu ninguém. Minha sogra estava lavando umas vasilhas e um dos tiros atingiu a parede a cerca de 20 centímetros dela. Tem balas nas paredes, no batente da porta, na cerâmica".

Os filhos de Adelsim do Povo, uma menina de três anos e um menino de sete, também estava na casa no momento do atentado. "Meus filhos ficaram desesperados. O menino correu na chuva para o quintal. Estão em situação de choque, em pânico. Estou com medo. Temo muito pelos filhos pela minha família".

Os tiros entraram por uma janela e também atingiram um armário de cozinha e a geladeira da casa.

A Delegacia Regional de Araguatins, responsável por São Bento do Tocantins, informou que um inquérito policial foi aberto. De acordo com o delegado regional Eduardo Artiaga, o advogado do prefeito prestou esclarecimentos. Também foi realizada perícia técnica na casa do parlamentar e Ronaldo Parente está sendo aguardado na delegacia para prestar depoimento.
O G1 ainda tenta contato com o prefeito Ronaldo Parente (PSDB).

Tiros atingiram janela da casa do vereador — Foto: Gustavo Pinheiro/Divulgação Tiros atingiram janela da casa do vereador — Foto: Gustavo Pinheiro/Divulgação
Tiros atingiram janela da casa do vereador — Foto: Gustavo Pinheiro/Divulgação

Entenda
A casa do vereador Adelsim do Povo (PP) foi alvo de tiros na noite desta terça-feira (9) em São Bento do Tocantins, na região do Bico do Papagaio. De acordo com a Polícia Civil, os disparos foram feitos pelo prefeito da cidade Ronaldo Parente (PSDB). Os dois teriam uma desavença antiga e antes dos disparos trocaram ofensas em áudios pelo WhatsApp. Ninguém se feriu.

As balas entraram pelo vidro de uma janela. O parlamentar afirmou que a relação com o prefeito é ruim porque ele é vereador de oposição e tem feito cobranças para a administração.

"Faço cobranças, vídeos mostrando a situação da cidade. Fiz um falando das condições da feira, que está abandonada, e de uma obra de drenagem feita na principal da cidade, mas que está alagando outro setor. Minhas cobranças são sempre em relação à melhoria da cidade. Mas ele zangou”, afirmou ao G1.

Adelsim do Povo afirma que a confusão desta terça-feira ocorreu após um áudio no WhatsApp. "Mandaram em um grupo dizendo que ele é 'campeão de obras', mas eu falei que não tinha nada de campeão de obras, que ele é campeão de mentiras. Aí ele começou a mandar áudios me chamando de moleque e chamando para brigar. Eu também mandei áudios e ficou aquela coisa", afirmou.

O vereador contou que estava chegando de uma fazenda quando ouviu os tiros. De acordo com a polícia, testemunhas afirmaram ter visto o prefeito chegar em uma caminhonete momentos antes dos disparos.
Do G1TO)

   

Comentários (0)

  • Nenhum comentário publicado. Clique aqui para comentar.

Mais vídeosVideo Mira

Roberto Carlos e Erasmo Carlos no Maracanã: Amigo (11/07/2009)

20 de Julho - Dia Internacional do Amigo - Dia da Amizade



Comente

  • Aílton Ferreira Araújo
    19/07/19 09h57
    A morte do Moisés, até hoje nada, a polícia sabe, a polícia não e besta só está esperando provas concretas. Ssp vamos...
  • AILTON FERREIRA ARAUJO
    19/07/19 09h52
    Manoela cruz, isso e verdade o povo falsos e esses vereador de Miracema, 2020 está chegando todos querem novamente...
  • Manuela Cruz
    16/07/19 11h59
    Certos políticos, quando querem ser eleitos,ser bem sucedidos na política,usam artimanhas, irão nas suas casas fazer...
VER TODOS OS COMENTÁRIOS

Jornal Impresso

Em Breve
2010 c Mira Jornal. Todos os direitos reservados.