Tocantins, 20 de julho de 2019 - Mira Jornal - 00:00

Coluna do Zé

O Sonho não acabou (Quem e por que tirou a vida de Moisés)

07/09/2018 06h01

Abatido de forma traiçoeira e cruel, com requinte de motivação política, o jovem prefeito da primeira capital do Tocantins Moisés Costa, tombou dia 30 de agosto, com um tiro fatal na cabeça, que atingiu todos os miracemenses de bem.
Miracema do Tocantins, nas últimas eleições apostou no novo, na mudança. Deixou de lado medalhões políticos da terra de Pedro Praxedes, para resgatar seus sonhos numa nova esperança.


Moisés jamais havia pleiteado um cargo eletivo. Foi abraçado pela cidade em 1.993, vindo de Centenário do Tocantins, com formação contábil, instalou seu escritório (Sercon), foi reconhecido, respeitado e convocado em 2.016, por um grupo insatisfeito com as duas facções políticas e tradicionais da cidade, para trazer o novo e mudar a sofrida primeira capital.

Assim foi feito, assim aconteceu. Foram mais de 84 % dos votos recebidos no município, tornando-o, proporcionalmente, um dos candidatos a prefeito mais bem votados do Brasil. Fato que o tornou cobiçado por figuras estaduais para um assento no Parlamento, e vulnerável a desafetos cujo inconformismo, despeito e inveja, quando menos, lhe sorriam xingando.

Acresce que, ao implantar uma gestão participativa, democrática e transparente, passou a incomodar mais.

Pagava servidores em dia, fato nunca ocorrido em Miracema. Implantou e fez funcionar os PCCS’s, negociou e pagos as dívidas herdadas e resgatou a adimplência do município a níveis estadual e federal.

Celebrava contratos via licitação, exercia prestações de contas ao TCE e cumpria a obrigação de abastecer o Portal de Transparência. Tudo isso, entremeados com obras, reformas e reparos realizados nas zonas urbana e rural em todo ano e oito meses de mandato até sua morte.

Além de tudo, renegociou coma BRK Ambiental, as dívidas do município com as antigas Saneatins e Odebrecht, conquistando ainda a parceria para pavimentação asfaltica e canalização de água e esgoto em toda a cidade, a começar pelo setor Santa Filomena;

Conquistou na Justiça os direitos do Município sobre tributação não cumprida por uma empresa que trabalhou no trajeto da Ferrovia Norte Sul que passa pelo município, recebendo sob custódia bens maquinários como garantia de pagamento, estimando em mais de R$ 20 milhões;

E conforme anunciou recentemente o deputado federal Carlos Gaguim, teria ganhado uma causa de ressarcimento de alguns milhões de reais de origem do INSS da Usina Hidrelétrica, construída no território miracemense.

São muitas conquistas realizadas e muito mais a realizar, deixando vulnerável um homem que abominava a violência, que nunca usou uma arma, embora tenha como esposa uma oficial PM.

Na véspera do aniversário da cidade, foi convidado pelo governador Carlesse para integrar seu grupo e representar Miracema junto ao Governo do Estado, comemorou e recebeu orações no evento 'Dia Municipal do Evangélico', discursou nas inaugurações da obras entregues nos 70 anos do município, quando pediu oração, comemorou e dançou com populares na festa de aniversário durante dia e noite do sábado 25 e n manhã seguinte ainda jogou futebol no encontro estadual dos vereadores. Estava muito alegre, bastante satisfeito e feliz por fazer sua gente feliz.  Uma pergunta que não quer carlar: Quem e por que tirou a vida de Moisés ?

   

Comentários (0)

  • Nenhum comentário publicado. Clique aqui para comentar.

Mais vídeosVideo Mira

Roberto Carlos e Erasmo Carlos no Maracanã: Amigo (11/07/2009)

20 de Julho - Dia Internacional do Amigo - Dia da Amizade



Comente

  • Aílton Ferreira Araújo
    19/07/19 09h57
    A morte do Moisés, até hoje nada, a polícia sabe, a polícia não e besta só está esperando provas concretas. Ssp vamos...
  • AILTON FERREIRA ARAUJO
    19/07/19 09h52
    Manoela cruz, isso e verdade o povo falsos e esses vereador de Miracema, 2020 está chegando todos querem novamente...
  • Manuela Cruz
    16/07/19 11h59
    Certos políticos, quando querem ser eleitos,ser bem sucedidos na política,usam artimanhas, irão nas suas casas fazer...
VER TODOS OS COMENTÁRIOS

Jornal Impresso

Em Breve
2010 c Mira Jornal. Todos os direitos reservados.