Tocantins, 26 de junho de 2019 - Mira Jornal - 00:00

Estado

DPE-TO realiza tratativas para finalizar greve do transporte escolar em Araguaína

07/06/2019 15h36

Divulgação
A categoria se comprometeu a realizar Assembleia Geral para definirem sobre os rumos da greve

Nesta sexta-feira, 7, uma reunião na Defensoria Pública do Estado do Tocantins (DPE-TO), em Araguaína, promoveu o diálogo entre motoristas e membros da diretoria da Associação dos Transportadores Escolares do Nível Fundamental, Médio e Superior do Tocantins (Atec), que é a empresa terceirizada para prestar o transporte escolar no município de Araguaína. O serviço está paralisado por conta de uma greve dos motoristas que estão aglomerados no Estádio Mirandão, em Araguaína.

Os acordos realizados e compromissados motivaram a categoria a realizar Assembleia Geral ainda hoje, às 17h, para definirem sobre os rumos da greve, com previsão de fim da paralisação e retorno dos serviços na segunda-feira, 10. Também foi esclarecido pela Secretaria de Educação que o calendário escolar será reposto.

O coordenador do Núcleo das Minorias e Ações Coletivas (Nuamac) Araguaína, defensor público Pablo Chaer, considera que a atuação da DPE-TO proporcionou uma resolução rápida ao conflito, promovendo um canal de diálogo para buscar soluções administrativas e econômicas para a categoria.

Reivindicações

A demanda chegou à Instituição pelos próprios motoristas, que informaram que 78% dos profissionais paralisaram a prestação do serviço para reivindicar inúmeros direitos que estão sendo desrespeitados, dentre eles o salário mensal, que estaria em atraso desde março. Os motoristas informam também que não possuem condições de manter o serviço nos valores atuais, pois trabalham com os próprios veículos e o salário estaria insuficiente para manter o custeio da linha de rodagem e estariam comprometendo o sustento pessoal e familiar.

O contrato, conforme explicado pelos motoristas, estipula que o valor pago a cada motorista começa a contar a partir do momento que o profissional pega o primeiro aluno e termina com a entrega deste na unidade escolar, ou seja, não remuneram o trajeto inicial até o primeiro aluno, apesar da distância que tenha percorrido desde o ponto inicial.

Durante a reunião, a Prefeitura de Araguaína informou sobre acordo com a Atec para remunerar a rota integralmente percorrida, segundo os representantes do executivo municipal da Secretaria da Educação e Infraestrutura.

O presidente da Atec, Eduardo Luiz Cançado de Oliveira, se comprometeu com a categoria de reivindicar aditivos nos contratos de transporte escolar devido à defasagem dos valores licitados em 2013.
(Da Ascom/Keliane Vale)



 

   

Comentários (0)

  • Nenhum comentário publicado. Clique aqui para comentar.

Mais vídeosVideo Mira

A Magia das Festas Juninas do Tocantins

Este documentário se propõe apresentar a força do movimento Junino no Estado do Tocantins.
Os objetos de amostra neste projeto são três Quadrilhas Juninas estilizadas de Palmas /TO.


Roteiro e Direção - Erica Regina F. Ferreira.
Produção - Erica Regina F. Ferreira, Mateus Barbosa e Kézia Noá.
Fotografia - Mateus Barbosa e Rafaela Reis.
Edição - Erica Regina F. Ferreira e Rafael


Apoio Cultural: MIRA Jornal - 27 anos.

Comente

  • José Professor
    24/06/19 11h05
    Vou me transmutar em adivinho e tentar descobrir o que está acontecendo ou por qual motivo Miracema está abandonada...
  • João Carlo
    22/06/19 06h58
    Ingratidão só aqui em Miracema onde o prefeito coloca adversário em sua equipe e os companheiros foram muitos e ficam...
  • José Professor
    13/06/19 10h49
    Pouco saio de casa. Após as 19 h então é quase impossível. Aliás,...
VER TODOS OS COMENTÁRIOS

Jornal Impresso

Em Breve
2010 c Mira Jornal. Todos os direitos reservados.