Tocantins, 10 de dezembro de 2018 - Mira Jornal - 00:00

Municípios

Prefeitura de Miracema faz doação de três câmeras para videomonitoramento da cidade

12/03/2018 22h22

Fotos: Nonato Sousa Prefeitura entrega três câmeras Speed Dome para Conselho de Segurança do Municipio
A entrega dos equipamentos aconteceu no final da manhã desta segunda-feira, 12, na sede da 6ª CIPM (Companhia Independente da Policia Militar), quando também aconteceu uma demonstração do funcionamento das câmeras já instaladas que cobrem as entradas e saídas da cidade e demais pontos estratégicos.

As três câmeras doadas pela Prefeitura, modelo ‘speed dome’ (com alta capacidade de zoom e capitação de imagem em 360 graus), deverão ser instaladas o mais breve possível, no Ponto de Apoio, Praça Derocy Moraes e ainda na Praça Mãe Domingas, parte alta da cidade.

A solenidade contou com a presença do prefeito Moisés Costa, vice-prefeito Saulo Milhomem, presidente da Câmara Edilson Tavares, presidente do Conselho de Segurança Municipal, Thaller Rogério e o comandante da 6ªCIPM, capitão Murilo Avelar. Ainda estiveram presentes a equipe técnica da central de vídeomonitoramento, do Copom e ainda vereadores e secretários municipais.

Na oportunidade foram discutidos os avanços na segurança pública no município e algumas medidas necessárias para tranqüilizar a população, sobretudo devidos aos últimos episódios criminais ocorridos na cidade.

Fotos: Nonato Sousa


CAP MURILO
O comandante da 6ª CIPM, capitão Murilo destacou a fala do secretário  César Roberto Simoni (SSP-TO)  em recente encontro, quando pregou a união para promover a qualidade na segurança pública. Informou ainda sobre o mobiliário que o CONSEG deverá receber e lamentou um defeito no serviço 190 local nos últimos dias, mas ressaltou os canais opcionais disponibilizados “Às vezes infelizmente falha, devido um raio, uma condição climática, mas temos outras formas já divulgadas pela imprensa local”.

O comandante agradeceu ao prefeito Moisés a doação das três câmaras, além de outras colaborações como funcionários e apoio nas instalações de equipamentos.
Lembrou que o episódio acontecido no final de semana no Ponto de Apoio, doravante poderão ser reprimidos em tempo com o monitoramente – uma câmera será instalada naquele ponto turístico – “A câmara inibe os marginais, Eles sabendo que estão sendo monitorados vão ter que repensar em cometer crimes”, disse, observando que os criminosos quando estão em bando se fortalecem.

O capitão ainda exaltou que “Miracema é um exemplo pelo envolvimento comunitário com uso da tecnologia”; justificou o pequeno contingente, comparando outros municípios do estado, razão pela qual não pode ter uma viatura em cada ponto da cidade, “e as casas residenciais, o comercio, postos de combustíveis, bancos, etc...”, indagou.

Por fim, respondendo a um questionamento sobre as imagens “As imagens são avaliadas por nossa equipe, e sou responsável por elas e não serão utilizadas para outros fins senão garantir a segurança pública. O lado político (partidário), isso aqui nem existe. Nossa preocupação é o infrator (criminosos)”, arrematou.

THALLER
O presidente do CONSEG (Conselho de Segurança Comunitária), Thaller Rogério informou que esteve com o Secretário de  da Segurança Pública, César Roberto Simoni de Freitas, em Palmas, acompanhado do Comandante da 6ª Companhia Independente de Polícia Militar, Capitão Murilo e o Assessor de Polícia Comunitária, Capitão Thiago Monteiro. O Secretário colocou à disposição do CONSEG mobiliários e equipamentos para reforçar a atuação preventiva na cidade. Thaller enfatizou que as conversas com entidades visam melhorar cada vez mais o poder de atuação do sistema de videominitoramento. “Foi conversado com uma produtora que vai fazer spots educativos para serem veiculados nas emissoras de rádio ouvidas na cidade”.

MOISÉS
O prefeito Moisés Costa, comentou sobre sua preocupação com o mau uso das redes sociais, avaliando que redes sociais estão acabando com a sociedade. “Tanta opinião sem fundamento e ninguém dá sugestão pra resolver problemas”, lamentou, considerando que a marginalidade se reúne pelo watsapp para cometer crimes contra a sociedade.
Respondendo a um comentário sobre proibição de bebida no Ponto de Apoio disse que não se pode proibir a bebida, mas pode proibir a venda de porte de garrafas e permitir somente latinhas de bebidas no local. “Vamos pensar numa solução juntamente com a sociedade”.

Moisés solicitou mais viaturas nas ruas e lembrou que os malas (marginais) já dizem que ‘O Ponto de Apoio é nosso‘. Destacou a ação policial feita no domingo e sugeriu que as bliizen sejam feitas mais intensamente nos finais de semana. Na oportunidade disse que a limpeza publica vai trocar o sábado pela manhã de domingo, recolhendo principalmente as garrafas abandonadas na madrugada e quem podem servir de arma para eventuais conflitos.
O prefeito Moisés da Sercon, como é conhecido, sugeriu par iniciar já no próximo sábado, blitz educativa e punitiva no Ponto de Apoio. Disse que neste final de semana recebeu inúmeras ligações da sociedade reclamando sobre a insegurança no local, “parecia um terror”, avaliou.

Sobre os avanços tecnológicos na segurança publica da primeira capital, assegurou que acredita no projeto, mas tem que ter todo zelo, “Temos que criar ferramentas que protejam o cidadão de bem”, e sobre o questionamento do uso político da ação, “Nós que somos políticos, temos que não permitir que isso tenha conotação política”, acrescentando que o objetivo é coibir a violência e ponderou que é necessário divulgar as ações (doação de câmeras e apoio em geral), “Temos que dar publicidade porque tudo está no Portal de Transparência’, considerou, aventando a possibilidade de alguns desafetos à gestão manipular as informações.

Foto: Nonato Sousa


OUTROS
Ainda expressaram opiniões os vereadores Natan Fontes, Branquinho do Araras (representante da Câmara no CONSEG) e o ex-vereador Leal Júnior, quando foi ratificado o pedido de viatura constante no Ponto de Apoio, melhor iluminação no local e a preocupação do uso político partidário nas ações de segurança pública no município.

EDILSON
Consultado pelo MIRA Jornal após a reunião, o presidente da Câmara Municipal, Edilson Tavares, disse que, embora o motivo principal da reunião tenha sido a entrega das câmeras speed dome pela Prefeitura ao CONSEG, "Essas reuniões são importantes porque possibilitam a troca de ideias, a discussão sobre as ações de segurança e, principalmente, o acompanhamento do que está sendo feito e seus resultados", considerou Tavares, destacando que a Câmara está fazendo também a sua parte, aprovando as ações do Executivo, no apoio ao serviço de videomonitoramento, e lembrou que a Casa de Leis de Miracema  aprovou recentemente  a Lei que estabelece o CONSEG como 'Utilidade Pública Municipal'.


 

   

Comentários (0)

  • Nenhum comentário publicado. Clique aqui para comentar.

Enquete

QUAL A SUA OPINIÃO SOBRE 'CRIME PERFEITO' ?

Mais vídeosVideo Mira

7 de Dezembro de 2018 - Miracema do Tocantins Capital por Um Dia

Comente

  • Indignado
    28/11/18 11h37
    Acorda povo de Miracema e região. Tirem a bunda do sofá e se mexam. Acordem e olhem em sua volta. É um absurdo o que...
  • José Oliveira Martins
    17/10/18 09h17
    Não sei se cabe aqui minha pergunta. Outrossim vou perguntar: "Como se encontram as investigações do assassinato...
  • Dona Zilma
    08/09/18 18h40
    poise ze carlo moisés em pouco tempo fez muto por miracema, a policia p´recisa logo descobrir quem fez isso, o senhor...
VER TODOS OS COMENTÁRIOS

Jornal Impresso

Em Breve
2010 c Mira Jornal. Todos os direitos reservados.