Tocantins, 18 de setembro de 2018 - Mira Jornal - 00:00

Brasil

Desembargador do TRF-4 manda soltar Lula da prisão ainda neste domingo

08/07/2018 12h07

- Marlene Bergamo/Folhapress Ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) durante entrevista exclusiva à Folha
O Tribunal Regional Federal da 4ª Região deferiu uma liminar para que o expresidente
Luiz Inácio Lula da Silva seja solto ainda neste domingo (7).


O desembargador Rogério Favreto acatou habeas corpus apresentado na sexta (6) pelos deputados Wadih Damous, Paulo Pimenta e Paulo Teixeira, do PT, pedindo que ele fosse libertado imediatamente pois não haveria
fundamento jurídico para a prisão dele.

O plantão do TRF-4 confirma a informação.

Segundo o plantonista Luís Felipe Santo, os parlamentares estão agora na sede da Polícia Federal tentando fazer com que a ordem seja cumprida.

Favreto, único desembargador do TRF-4 que votou pela abertura de processo disciplinar contra o juiz Sergio Moro, sob a alegação de "índole política", foi filiado ao PT por quase 20 anos.

Crítico da Lava Jato, o magistrado ocupou cargos no governo Lula e em outras administrações petistas antes de ingressar no tribunal.

Preso desde o dia 7 de abril, Lula foi condenado por Moro em julho de 2017, a 9 anos e 6 meses de prisão pelos crimes de corrupção e lavagem de dinheiro no caso do tríplex de Guarujá (SP).

Em janeiro deste ano, o TRF-4 (Tribunal Regional Federal da 4ª Região) aumentou a pena para 12 anos e um mês de detenção.

Na ação apresentada pelo Ministério Público Federal, Lula é acusado de receber R$ 3,7 milhões de propina da empreiteira OAS em decorrência de contratos da empresa com a Petrobras.

O valor, apontou a acusação, referia-se à cessão pela OAS de apartamentotríplex ao ex-presidente, a reformas feitas pela construtora nesse imóvel e ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) durante entrevista exclusiva à Folha, - Marlene
Bergamo/Folhapress

Lula é o primeiro presidente da história do Brasil a ser preso após condenação penal. Em 1980, então líder sindical, ele foi preso por motivos políticos, sob acusação de “incitação à desordem”, no período final da ditadura militar.
(Do blog Mônica Bergamo/Folha Press)

   

Comentários (0)

  • Nenhum comentário publicado. Clique aqui para comentar.

Mais vídeosVideo Mira

A DESPEDIDA (O ADEUS AO ETERNO PREFEITO MOISÉS DA SERCON)


Inusitada Produções

Cobertura audiovisual do velório e enterro do querido e eterno prefeito de Miracema do Tocantins, Moisés Costa da Silva (Moisés da Sercon), encontrado morto no dia 30 de agosto de 2018.

FOTOGRAFIA e EDIÇÃO
Cássio Renato Cerqueira

ASSISTÊNCIA DE PRODUÇÃO
Kyara Machado Batista  

Comente

  • Dona Zilma
    08/09/18 18h40
    poise ze carlo moisés em pouco tempo fez muto por miracema, a policia p´recisa logo descobrir quem fez isso, o senhor...
  • Joel da Silva
    12/08/18 10h02
    Parabéns prefeito moisés, por não dar a desculpa q não faz nada porque tava arrumando a casa. Foi lá e fez
  • Maria Aparecida da Silva Pereira
    12/08/18 09h59
    Estamos de olho na reforma que estende até sua casa. Tem muito politico de Miracema inelegível. FICA A DICA
VER TODOS OS COMENTÁRIOS

Jornal Impresso

Em Breve
2010 c Mira Jornal. Todos os direitos reservados.