Tocantins, 12 de dezembro de 2019 - Mira Jornal - 00:00

Estado

Governador é convidado por comissão da Câmara dos Deputados a explicar mudanças na Polícia Civil

14/08/2019 18h54

Foto: Reprodução/TV Anhanguera Mauro Carlesse foi convidado a apresentar explicações em Brasília
Secretário de Segurança Pública, delegado-geral e delegados que atuavam na Dracma também foram convidados. Ainda não há data para a audiência pública ser realizada.

A Comissão de Segurança Pública da Câmara dos Deputados aprovou a realização de uma audiência a respeito das mudanças realizadas pelo Governo do Tocantins na Polícia Civil. Os deputados convidaram para dar explicações: o governador Mauro Carlesse (DEM), o secretário de segurança pública, Cristiano Sampaio, o delegado-geral de polícia, Rossílio Correia, além de três outros delegados que atuavam na Delegacia de Repressão a Crimes de Maior Potencial contra a Administração Pública (Dracma).

A comissão quer saber porque a Dracma foi extinta e o combate à corrupção no estado vai ficar a cargo do recém-criado Departamento de Repressão à Corrupção e ao Crime Organizado (Dracco).

Quando a mudança foi anunciada, representantes da categoria apontaram tentativa de interferência política em investigações. Alguns policiais usaram mordaças para protestar durante sessões da Assembleia Legislativa.

Como se trata de um convite, o governo não é obrigado a comparecer, mas a audiência será realizada mesmo que o convite seja recusado. O G1 procurou o Palácio Araguaia para saber se há definição sobre o tema e aguarda retorno. Ainda não há data para a audiência.

Foto: Reprodução/TV Anhanguera


Cristiano Sampaio, secretário de Segurança Pública do Tocantins

Quando anunciou as alterações, o governo negou qualquer tipo de interferência política. Durante entrevista nesta terça-feira (13), Cristiano Sampaio disse que o objetivo das mudanças é melhorar o atendimento a população e aproveitar melhor os recursos.

De acordo com o novo regimento interno, além da Dracma, as Delegacias de Investigações Criminais (Deics) de todo o Tocantins também passam a ser subordinadas ao Dracco. Além delas, as unidades que investigam furtos e roubos de veículos, crimes cibernéticos e tráfico de drogas também integram o novo departamento.

O covite foi aprovado após um requerimento apresentado pelo deputado Capitão Augusto (PL-SP), a pedido dos deputados federais do Tocantins Dulce Miranda (MDB) e Vicentinho Júnior (PL).
(Do G1 TO)

   

Comentários (0)

  • Nenhum comentário publicado. Clique aqui para comentar.

Enquete

NESTE DIA 30 DE NOVEMBRO COMPLETARAM-SE UM ANO E TRÊS MESES QUE MOISÉS 'DA SERCON' COSTA FOI ASSASSINADO E A POLICIA CIVIL AINDA NÃO CONSEGUIU ANUNCIAR ELUCIDAÇÃO DO CRIME COM CARACTERÍSTICAS DE MOTIVAÇÃO POLITICA. VOCÊ AINDA ACREDITA NA POLÍCIA DO TOCANTINS ?

Mais vídeosVideo Mira

Miracema do Tocantins Capital Por Um Dia!

7 DE DEZEMBRO

MIRACEMA, CAPITAL POR UM DIA 






Miracema TV Online






Comente

  • Aílton Ferreira Araújo
    11/12/19 08h26
    José professor, tenho muita fé que sim, Miracema, tem que mudar, já foi tantas oportunidade e não foi aproveitada.
  • José Professor
    10/12/19 10h02
    Estou começando a acreditar que as coisas vão seguir outro caminho nas eleições para "alcaide e edis" em...
  • Aílton Ferreira Araújo
    08/12/19 13h53
    Miracema, não vai muda nunca. 1 capital provisória 2 linhão norte e sul 3 ferrovia norte e sul 4 hidrelétrica...
VER TODOS OS COMENTÁRIOS

Jornal Impresso

Em Breve
2010 c Mira Jornal. Todos os direitos reservados.