Tocantins, 21 de maio de 2019 - Mira Jornal - 00:00

Brasil

Bloqueio total do MEC nas universidades foi de 3,4%

10/05/2019 14h18

O Ministério da Educação esclarece que o bloqueio preventivo realizado nos últimos dias atingiu apenas 3,4% do orçamento total das universidades federais. O orçamento para 2019 dessas instituições totaliza R$ 49,6 bilhões, dos quais 85,34% (R$ 42,3 bilhões) são despesas de pessoal (pagamento de salários para professores e demais servidores, bem como benefícios para inativos e pensionistas), 13,83% (R$ 6,9 bilhões) são despesas discricionárias e 0,83% (R$ 0,4 bilhão) são despesas para cumprimento de emendas parlamentares impositivas.

O bloqueio de dotação orçamentária realizado pelo MEC foi operacional, técnico e isonômico para todas as universidades e institutos, em decorrência da restrição orçamentária imposta a toda Administração Pública Federal por meio do Decreto nº 9.741, de 28 de março de 2019, e da Portaria nº 144, de 2 de maio de 2019.

O Ministério da Educação esclarece, ainda, que a matéria veiculada pelo Jornal Valor Econômico nesta quarta-feira (08/05), apesar de apresentar números do sistema SIOP corretos, não utilizou a adequada metodologia de cálculo para a definição dos valores bloqueados nas Universidades pelo MEC. Os valores considerados como bloqueio na matéria incluíram o orçamento de emendas parlamentares discricionárias, que já estava contingenciado pelo Governo Federal. E, para o cálculo do total orçamentário da unidade, foram inseridas as rubricas de despesas referentes às emendas parlamentares impositivas e receitas próprias (que não são objeto de bloqueio discricionário pelo MEC). Por isso, a diferença nos percentuais apresentados pela matéria.

O bloqueio orçamentário nas Universidades, como explicado anteriormente, não incluiu as despesas para pagamento de salários de professores, outros servidores, inativos e pensionistas, benefícios, assistência estudantil, emendas parlamentares impositivas e receitas próprias.
(Da Assessoria de Comunicação Social do MEC)

   

Comentários (0)

  • Nenhum comentário publicado. Clique aqui para comentar.

Enquete

NA SUA OPINIÃO, QUAL VEREADOR DE MIRACEMA, COMO 'AGENTE FISCALIZADOR E LEGISLADOR', MELHOR CONTRIBUI PARA O DESENVOLVIMENTO DO MUNICÍPIO ?

Mais vídeosVideo Mira

PALMAS, 30 ANOS ! - Palmas história dos primeiros 4 anos

DOCUMENTÁRIO - PALMAS  -  Os primeiros 4 anos: 1990/1994 - Por Sidinei Madalena

Comente

  • Andreia Nunes
    18/05/19 09h50
    O *Hospital de referência de Miracema do Tocantins* têm recepcionado as mudanças do mesmo de forma, vultosa e...
  • Ana Alice
    15/05/19 19h27
    Projetos renováveis estão sempre buscando atender a nossa comunidade Miracemense , contribuindo bastante para que...
  • Pedro Neto
    15/05/19 09h40
    A falta de representatividade é a chave para entender o descontentamento com a política.Transformar um cenário local,...
VER TODOS OS COMENTÁRIOS

Jornal Impresso

Em Breve
2010 c Mira Jornal. Todos os direitos reservados.