Tocantins, 10 de dezembro de 2018 - Mira Jornal - 00:00

Estado

Primeiro mês de operação do Balada Segura registra autuação de mais de 100 motoristas alcoolizados

11/04/2018 11h07

Luciana Pires Motociclistas também fazem parte do público-alvo da operação
Com o objetivo de promover a paz nas vias de Palmas, a Operação Balada Segura, lançada no dia 9 de março, comemora um mês de atuação por retirar das vias mais de 100 condutores que dirigiam sob o efeito de álcool, ou seja, potenciais causadores de violência e morte no trânsito.

Neste um mês, o programa que conta com a união de todas as forças de segurança de Palmas e instituições parceiras, abordou cerca de dois mil veículos, sendo quase 900 testes do etilômetro, destes 110 foram autuados por recusa ao teste, infrações e crimes de trânsito por dirigir sob o efeito de álcool. A gerente de fiscalização de Trânsito Glauce Kelly de Sousa explica que os motoristas que recusaram ao teste, 100% estavam embriagados. "Apenas não fizeram o teste para não incorrerem em crime de trânsito".

O secretário interino da Secretaria de Segurança e Mobilidade Urbana, Jocélio Santos, enfatiza a força do projeto. “Estamos fazendo um mês com o projeto Balada Segura, os números são muito bons, ficamos cada vez mais felizes com a eficácia do programa. Vamos em busca de mais melhorias, a luta é diária e agora com muito mais força”.

Tolerância zero

A Secretaria de Mobilidade Urbana de Palmas (Sesmu) adverte que a quando se trata de álcool e direção a tolerância é zero e a fiscalização será rigorosa. Qualquer valor acima desse referencial o condutor sofre penalidade administrativa como multa e suspensão de 12 meses da CNH. Entretanto para índice acima de 0,33 miligramas de álcool por ar expelido o condutor se enquadra em crime de trânsito. E, nesse caso, a pessoa responderá penalmente e, em caso de reincidência ou envolvimento em outro crime, não terá mais os benefícios de ser réu primário.

Parceiros

Participam desta cruzada pela vida no trânsito, a Prefeitura de Palmas, por meio da Sesmu com os Agentes de Trânsito e a Guarda Metropolitana, e Secretaria Municipal de Saúde; Detran-TO; Energisa; Projeto Vida no Trânsito; polícias Rodoviária Federal, Civil e Militar; Poder Judiciário do Tocantins; Ministério Público Estadual e Secretaria de Saúde do Estado.
 (Wédila Jácome/Edição e postagem: Iara Cruz)

   

Comentários (0)

  • Nenhum comentário publicado. Clique aqui para comentar.

Enquete

QUAL A SUA OPINIÃO SOBRE 'CRIME PERFEITO' ?

Mais vídeosVideo Mira

7 de Dezembro de 2018 - Miracema do Tocantins Capital por Um Dia

Comente

  • Indignado
    28/11/18 11h37
    Acorda povo de Miracema e região. Tirem a bunda do sofá e se mexam. Acordem e olhem em sua volta. É um absurdo o que...
  • José Oliveira Martins
    17/10/18 09h17
    Não sei se cabe aqui minha pergunta. Outrossim vou perguntar: "Como se encontram as investigações do assassinato...
  • Dona Zilma
    08/09/18 18h40
    poise ze carlo moisés em pouco tempo fez muto por miracema, a policia p´recisa logo descobrir quem fez isso, o senhor...
VER TODOS OS COMENTÁRIOS

Jornal Impresso

Em Breve
2010 c Mira Jornal. Todos os direitos reservados.