Tocantins, 23 de abril de 2019 - Mira Jornal - 00:00

Estado

Pesquisa Faspra-TO mostra que 62,3% relataram já terem sido vítimas de assédio moral

02/11/2018 20h31

DENÚNCIAS DE ASSÉDIO SEXUAL E MORAL NO CORPO DE BOMBEIROS É PROTOCOLADA NO MPE

A Associação das Mulheres Policiais do Estado do Tocantins (AMP-TO), com auxílio da Federação das Associações de Praças Militares do Estado do Tocantins (Faspra-TO), realizou uma pesquisa neste mês de outubro, junto aos bombeiros do Estado, e identificou casos de assédio moral e sexual dentro da instituição.

Participaram da pesquisa, de maneira voluntária e sigilosa, 183 bombeiros. Deste total, 62,3% confirmaram já terem sofrido assédio moral no ambiente de trabalho, e outros 11,5% assédio sexual. Os dados foram apresentados na manhã desta quarta-feira, 31, na Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-TO), durante coletiva de imprensa.

A pesquisa mostrou que 69% sofriam de alguma doença crônica e apontaram o trabalho como possível causa. O estresse foi apontado como a segunda doença que mais afeta os componentes da corporação. Dos bombeiros militares que afirmaram sofrer de algum transtorno psíquico, 24,6% apontaram a depressão como sendo essa doença.“As mulheres, apesar de estarem em menor quantidade dentro da corporação, são as que mais sofrem assédio, seja moral ou sexual”, disse a responsável pela pesquisa e presidente da AMP-TO, Giovanna Nazareno.

DENÚNCIAS DE ASSÉDIO SEXUAL E MORAL NO CORPO DE BOMBEIROS É PROTOCOLADA NO MPE

O vice-presidente da Federação das Associações das Praças Militares (FASPRA), Everton Cardoso Dias, juntamente com o advogado Robson Tiburcio, protocolaram na tarde desta quinta-feira, 1°, no Ministério Público Estadual, denúncias de assédio sexual e moral no Corpo de Bombeiros do Tocantins.

No documento entregue foi apresentado um CD constando depoimento das vítimas, notícias veiculadas na imprensa escrita, televisiva e digital. “A importância de protocolar este documento é justamente formalizar tudo o que foi apresentado na entrevista coletiva e também no Seminário, para que o Ministério Público analise a questão e, a partir de então, o Promotor de Justiça, Fábio Langue, possa começar a investigar o caso, dando assim mais segurança aos profissionais e à população”, explicou o advogado, Robson Tiburcio.

Entenda

 A Associação das Mulheres Policiais do Estado do Tocantins (AMP-TO), com auxílio da Federação das Associações de Praças Militares do Estado do Tocantins (FASPRA-TO), realizou uma pesquisa neste último mês de outubro, junto aos bombeiros do Estado, e identificou casos de assédio moral e sexual dentro da instituição. Participaram da pesquisa, de maneira voluntária e sigilosa, 183 bombeiros. Deste total, 62,3% confirmaram já terem sofrido assédio moral no ambiente de trabalho, e outros 11,5% assédio sexual. Os dados foram apresentados na Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-TO), durante coletiva de imprensa.

A pesquisa culminou no I Seminário sobre a Saúde Mental dos Profissionais das Forças de Segurança do Estado do Tocantins. O evento, que teve a presença de diversos palestrantes, foi aberto ao público e teve como objetivo debater o assunto e inibir novos casos de assédio dentro das Forças de Segurança do Estado.
(Da Faspra-TO)

   

Comentários (0)

  • Nenhum comentário publicado. Clique aqui para comentar.

Mais vídeosVideo Mira

Paixão de Cristo de Nova Jerusalém 2018

Íntegra do espetáculo da Paixão de Cristo de Nova Jerusalém 2018, ocorrido em cidade-teatro situada no interior do estado brasileiro de Pernambuco.

Na peça, Renato Góes interpretou Jesus Cristo. Os atores Tonico Pereira (Anás), Rita Guedes (Madalena), Kadu Moliterno (Pilatos), Nicole Bahls (Herodíades) e Victor Fasano (Herodes) também fizeram parte do elenco.

O especial da Rede Globo Nordeste foi apresentado pelo Padre Marcelo Rossi.

Comente

  • José Professor
    12/04/19 09h31
    Pelo andar da carruagem, quase parando, as ações e serviços da Prefeitura novamente vão eleger um "salvador da...
  • José Professor
    09/04/19 17h03
    Só agora o TCE vai tomar providências? Este fato é uma notícia alarmante: "TCE vai apurar, em tomada de contas,...
  • José Professor
    06/04/19 17h12
    Com "nome sujo" 98% dos municípios têm veto para receber recursos federais. O percentual de municípios...
VER TODOS OS COMENTÁRIOS

Jornal Impresso

Em Breve
2010 c Mira Jornal. Todos os direitos reservados.